Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Assinatura de ACT garante expansão da rede de fibra no Estado

  • Publicado: Quinta, 28 de Fevereiro de 2019, 14h09
  • Última atualização em Quinta, 28 de Fevereiro de 2019, 14h09
  • Acessos: 432

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) assinaram, na tarde desta segunda-feira (17), na sede da Sectet, Acordo de Cooperação Técnica em substituição ao Acordo de Cooperação Técnica nº 005/2014, atualmente em vigor. Em 2010, fora assinado um Acordo de Cooperação visando à implantação de redes ópticas nas cidades de Altamira, Castanhal, Marabá e Santarém. Várias atividades foram executadas após a sua vigência, entre elas a de conclusão da implantação dessas redes.

No início de 2014, um novo acordo entre Prodepa, Sectet e RNP levou um novo conceito de comunicação de alta velocidade aos municípios de Castanhal, Santarém, Marabá e Altamira. As novas redes intensificaram nessas cidades a troca de informações, o desenvolvimento de pesquisas científicas e a integração entre universidades, unidades de pesquisa e órgãos do governo, através de 120 quilômetros de rede óptica – 37 km em Marabá, 35 km em Castanhal, 34 km em Santarém e 13 km em Altamira. Até então, apenas Belém era beneficiada com uma rede metropolitana de fibra óptica. Já nos demais municípios, o acesso das cidades digitais do Navegapará era provido exclusivamente via rádio.

Para o presidente da Prodepa, Theo Pires, um trabalho em parceria facilita e agiliza a expansão de fibra ótica entre os municípios paraenses. “O Pará é um estado atípico e, para enfrentar os desafios que se apresentam diante da realidade geográfica, econômica e populacional desse estado, precisa-se dessa cultura de parcerias, e a parceria com a RNP vai ao encontro de atender os municípios com melhor infraestrutura de comunicação, aumentando a qualidade dessa comunicação em todos os municípios e também levando links de qualidade e acesso à internet para instituições de ensino e para os pesquisadores”, explicou.

O acordo assinado agora amplia-se para os municípios de Salinas, Bragança, Parauapebas, Xinguara e Canaã do Carajás. Por meio dele, a RNP cede ao Governo do Estado um par de fibra óptica, efetuando a manutenção da rede no trecho Bragança-Capanema-Salinas, no Nordeste; e no trecho Eldorado do Carajás-Parauapebas-Canaã do Carajás-Xinguara, no Sudeste.

Em contrapartida, o Governo do Estado cede a RNP um par de fibra óptica, efetuando a manutenção da rede no trecho Marabá-Eldorado do Carajás-Xinguara e nas redes metropolitanas dos seguintes municípios: Altamira, Castanhal, Marabá, Santarém, Sapucaia e Xinguara, além da cessão de transporte de dados de 3Gbps cedido no Backbone do Navegapará e a manutenção das redes metropolitanas da RNP em Santarém, Marabá, Altamira e Castanhal.

O diretor geral da RNP, Nelson Simões, lembra, ainda, que pesquisa se faz com colaboração, o que é facilitado pelas tecnologias da informação. “A pesquisa não se faz de forma isolada e, hoje mais ainda, praticamente em todos os campos do conhecimento usa-se a tecnologia da informação. É muito simples entender porque já vivemos imersos neste mundo, mas ninguém se pergunta como a internet funciona, ela depende dessas infraestruturas, e aqui se firmou um acordo para que elas possam ser interiorizadas em alta qualidade”, ressaltou.

Por Fernanda Graim

Fonte: http://agenciapara.com.br/Noticia/180182/assinatura-de-act-garante-expansao-da-rede-de-fibra-no-estado

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->